sábado, 17 de junho de 2017

Polícia contabiliza assassinatos em Mucuri e Caravelas

Na noite desta quinta-feira, dia 15 de junho, por volta das 22h, Macilio de Oliveira Barreto, de 32 anos de idade, foi morto com disparos de arma de fogo em plena praça pública do Bairro Brisas do Mar, um conjunto habitacional do Programa Minha Casa, Minha Vida, inaugurado no ano passado em Mucuri.

Uma testemunhas disse à Polícia Militar, primeira força de segurança a chegar no local do crime, que homens chegaram, sendo um deles armado, ordenaram que todos saíssem, encurralaram Macílio e o executaram com vários tiros.

No local foram recolhidos estojos de pistola 9 milímetros. No corpo foram constatadas cinco perfurações.

Por solicitação da delegada Maria Luíza Ribeiro, responsável pelo plantão regional na sede da 8ª Coorpin, o corpo foi removido ao IML de Teixeira de Freitas para exames de necropsia. Autoria e motivação do crime são desconhecidas.

Caravelas


Já na tarde desta sexta-feira, dia 16 de junho, um homem ainda sem identificação, foi morto a tiros numa rua próxima ao centro de Caravelas. Segundo uma testemunha foram ouvidos três disparos e quando ele saiu pra conferir o que tinha acontecido, deparou-se com o corpo do desconhecido em meio a muito sangue. A polícia desconhece autoria e motivação do assassinato. (Por Ronildo Brito)

Nenhum comentário:

Postar um comentário