segunda-feira, 8 de maio de 2017

ABSURDO: Senador Eduardo Braga articula acabar com repasse ao Sistema S

Eduardo Braga diz defender apenas o repasse de verbas às escolas e oficinas do Senai e do Senac
O senador Eduardo Braga (PMDB-AM) está à frente de uma articulação que pretende acabar com a contribuição compulsória das empresas ao Sistema S, que arrecadou R$ 16 bilhões em 2016. A ideia é fazer isso por meio de uma emenda na reforma trabalhista que começou a tramitar no Senado. 

O Sistema S mantém instituições como o Senai, Sesi, Senac, Sesc, Sebrae, Senar, Sest, Senate e o Sescoop. “Não defendo a destinação desse absurdo de recursos públicos”, enfatiza Eduardo Braga. Hoje, o Sistema S arrecada contribuições de até 2,5% sobre a folha de pagamento das empresas. 

O senador Eduardo Braga é suspeito de receber R$ 1 milhão em pagamentos indevidos da Odebrecht quando era governador do Amazonas, segundo inquérito autorizado pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

Nenhum comentário:

Postar um comentário