quinta-feira, 18 de maio de 2017

Polícia Civil do Prado prende acusado de tráfico com arma de fogo e droga

Na manhã desta quinta-feira, dia 18 de maio, duas equipes da Polícia Civil do Prado, coordenadas pelo delegado Kleber Gonçalves, deslocaram-se para o Distrito de Cumuruxatiba, com a finalidade de cumprirem Mandado de Busca e Apreensão em dois locais distintos, casas essas que estariam sendo usadas como ponto de distribuição de drogas.

Durante o cumprimento do Mandado de Busca, Geovani Soares Amorim, o “Geo”, foi preso em flagrante, dentro de sua residência, portando um revólver Taurus, calibre 38, municiado. “Geo” somente largou a arma quando houve a entrada dos policiais civis na residência dele, e inclusive evitando a troca de tiros.

Durante as buscas foi encontrada uma porção de maconha já desfiada, pronta para uso ou venda, bem como no segundo alvo foram localizados um tablete de maconha e vários objetos que são utilizados normalmente para a embalagem de drogas, como sacos plásticos, fitas adesivas e papel filme.

Geovane Soares Amorim recebeu voz de prisão e foi autuado em flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo, bem como pelo crime de tráfico de drogas. “Há alguns meses o S. I. da DT de Prado já vinha investigando as atividades desse elemento, tanto assim que chegou aos dois alvos que foram locais de busca”, disse o delegado Kleber Gonçalves.

Ainda com Geovani foi apreendida uma caminhonete S/10, de cor branca, placa de Itamaraju, que será alvo de vistoria e investigação. Geovani, segundo Gonçalves, possui uma extensa ficha criminal, entre trafico, roubo e posse de arma, nas cidade de Brasília, Porto Seguro, Itabuna e Itamaraju.

Mesmo alegando estar desempregado, a polícia apreendeu com o acusado R$ 633,00, U$ 291,00 e 20 Euros, dinheiro que a polícia assegura ser fruto do comércio de entorpecentes. Ele permanece preso à disposição da Justiça. (Da redação TN)

Nenhum comentário:

Postar um comentário