terça-feira, 16 de maio de 2017

Caderno de anotações do tráfico é encontrado em cela de presídio

Caderno de anotações do tráfico e material apreendido
O Sindicato dos Servidores Penitenciários do Estado da Bahia (Sinspeb) divulgou na segunda-feira (15) uma apreensão realizada na última quinta-feira (11), no Conjunto Penal de Jequié, durante uma operação realizada no módulo de Convivência Penitenciária.

Segundo o sindicato, os agentes encontraram nove armas brancas artesanais, tipo “chunchos”; quatro pinos plásticos contendo cocaína; 80 gramas de maconha; 10 aparelhos celulares com cinco baterias; nove carregadores; três chips e um caderno de anotações de tráfico de entorpecentes

Ainda conforme as informações, as drogas encontradas na cela oito tiveram a posse assumida pelo interno Cleiton Peixoto Novaes, 21 anos, que cumpre pena por tráfico de entorpecentes.Todo material foi apresentado na 9ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin).
Segundo a Sinspeb os criminosos tem um modus operandi já conhecido no Complexo de Jequié. O traficante solto se aproxima da parede da unidade prisional, que não tem vigilância e arremessa o pacote com drogas, celulares e facas para dentro da cadeia em algum ponto cego do pátio. 

O traficante preso recolhe o material e o prepara para distribuição. Ainda conforme relato da Sinspeb, a visitante contratada como “mula” recebe a droga de traficantes soltos, vai até a unidade prisional, se esconde em matagais, banheiros ou outros cômodos. Essa pessoa introduz a droga ou celular na vagina ou no ânus, e como a revista foi proibida e a unidade não possui scanner corporal, os visitantes adentram as unidades, entregam o material ao traficante preso, que o prepara para a distribuição. (Jequié Reporter)

Nenhum comentário:

Postar um comentário