sexta-feira, 7 de abril de 2017

Empresário visualiza pessoalmente empenhos milionários em nome de sua empresa e diz que vai tomar providências

Secretário de Saúde, José Arcangêlo Depisol, ainda não falou sobre o caso e empresário quer explicação
Na noite desta quinta-feira, dia 6 de abril, o empresário Gilson Gonçalves da Silva, dono da Vibra’s Som Sonorização Ltda-ME., fez novo contato telefônico com o Teixeira News, informando que ele próprio conseguiu ter acesso às publicações no Tribunal de Contas dos Municípios (TCM), onde sua empresa aparece como recebedora de dois empenhos milionários da Secretaria de Saúde de Teixeira de Freitas, sendo um de R$ 10 milhões e o outro de R$ 5 milhões, coincidindo com a denúncia inicial feita pelo vice-prefeito e radialista Lucas Bocão, assunto que mereceu uma reportagem ampla do site.
Empresário Gilson Gonçalves quer explicação pública
Antes de ter acesso às publicações do TCM, segundo Gilson Gonçalves, ele foi pessoalmente à Secretaria Municipal de Saúde e ao Departamento de Contabilidade da pasta e recebeu as cópias dos referidos empenhos, onde sua empresa não apareceria como fornecedora do serviço. Acontece porém, de acordo com o empresário, que no sítio do TCM, além de visualizar os recebimentos milionários em nome da Vibra’s Som, constatou mais duas irregularidades, sendo dois empenhos com o mesmo número (19) e mais três pagamentos com a mesma numeração (22). “Já pedi um documento oficial à Secretaria de Saúde, caso contrário vou ter que tomar as minhas providências para esclarecer tudo isso. Assim como a imprensa, eu também quero saber o que aconteceu”, relatou.

Nos dois extratos constam que o mês do serviço foi janeiro de 2017, empenhado em 02/01/2017, no valor de R$ 10 milhões, com recursos da Atenção Básica do Fundo Municipal de Saúde (FMS). No histórico da prestação de serviço da empresa também estampada no extrato de empenho que está no TCM, diz que são “DESPESAS COM FOLHA DE PAGAMENTO DE SERVIDORES PARA ATENDER NECE DO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE”, com recursos próprios.

No outro extrato aparece o segundo empenho no valor de R$ 5 milhões, com a mesma vigência para janeiro de 2017, também feito na mesma data do anterior, 02/01/2017, também da Vibras Som Sonorização Ltda,. com recursos próprios do Fundo Municipal de Saúde (FMS), para quitação de “DESPESAS COM FOLHA DE PAGAMENTO DE SERVIDORES PARA ATENDER NECESSIDADES DA ATENÇÃO BÁSICA”.
Até às 19h15 desta quinta-feira, dia 6 de abril, a assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas, não havia divulgado qualquer nota sobre o caso. O vice-prefeito Lucas Bocão, líder de audiência radiofônica ao meio dia em Teixeira de Freitas e região, prometeu detalhar a denúncia da edição do seu programa desta sexta-feira, dia 7. (Por Ronildo Brito)

Nenhum comentário:

Postar um comentário