quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Preso em Jucuruçu, assassino da ex-mulher é transferido para Teixeira de Freitas

Criminoso no momento de sua saída da Delegacia da Polícia Civil de Itamaraju
Na tarde desta quinta-feira, dia 2 de fevereiro, policiais militares da 43ª Companhia Independente de Itamaraju, que atuam no Pelotão de Jucuruçu, após denúncia anônima, conseguiram localizar e prender Erli Silva Viana, de 41 anos, acusado de assassinar Leidiane Silva de Jesus, 20, de quem estava separado há uma semana. O crime aconteceu na última segunda-feira, dia 30 de janeiro, por volta das 23h30, na Rua Porções, Bairro Tancredo Neves, região oeste de Teixeira de Freitas. Leidiane acabou sendo atingida por três golpes de faca do tipo peixeira, sendo um no peito esquerdo, um no braço esquerdo e o outro na axila direita. A morte foi instantânea.

Logo após ser preso na Rua Maria de Lourdes, nº 73, no centro de Jucurucu, Erli foi recambiado para a Delegacia da Polícia Civil de Itamaraju (DEPOL) e no início da noite acabou sendo transferido à sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, onde vai permanecer à disposição da Justiça.

Segundo informações de familiares do assassino, há uma semana os dois tinham brigado e Leidiane saiu de casa e foi para o Prado. Durante esse período, Erli teria ligado várias vezes pedindo para a jovem voltar pra casa. As investigações iniciais da Polícia Civil, feitas com base no depoimento de parentes do criminoso, Erli teria ligado para Leidiane vir à sua casa, não para reatar o relacionamento, mas sim, pra pegar as suas coisas. Essa informação reforça a hipótese que o crime tenha sido premeditado.

A faca usada no assassinato foi deixada ao lado do corpo e segundo um irmão de Erli, logo que ouviu os gritos da jovem, ele, que estava dormindo na casa da frente do terreno, saiu e ainda viu o criminoso fugindo pelo beco e a vítima caída e já morrendo.

O delegado Manoel Andreeta, titular da Polícia Civil no município de Teixeira de Freitas, informou que já pediu a prisão preventiva de Erli à Justiça, decisão que deve sair nos próximos dias. Se a prisão for decretada e após a conclusão do inquérito policial, Erli Silva Viana, de 41 anos, será mandado para o Conjunto Penal de Teixeira de Freitas (CTPF), onde aguardará por seu julgamento popular. (Por Ronildo Brito)

Nenhum comentário:

Postar um comentário