domingo, 29 de janeiro de 2017

PETO/ROTAM prende dupla com armas e drogas no Bairro Caminho do Mar

Teixeira de Freitas: Na tarde deste sábado, 28 de janeiro, policiais militares do PETO/ROTAM e uma guarnição lotada na 87ª CIPM, apreenderam dois jovens, acusados de estarem traficando no Bairro Caminho do Mar. Os indivíduos foram presos com duas armas de fogo, sendo uma espingarda chumbeira e uma espingarda calibre 22, além de certa quantidade de “crack”. Trata-se de um menor de 16 anos de idade, que estava com a droga e um jovem identificado como sendo Lucas Santos de Souza, 18 anos, que estava com as armas.

Segundo o menor, que mora no Caminho do Mar, ele realmente vende “crack”, sendo cada pedra por R$ 10,00 (dez reais). “Eu comprei essa droga por R$ 500,00 (quinhentos reais) e agora vou ter que pagar minha bronca e ainda a droga”, disse o menor. Questionado sobre quem seria o fornecedor da droga, o adolescente disse que se contar, morre. O Lucas, em entrevista, disse que é responsável pelas armas, mas que ele não trafica, apenas usa maconha, mas, que compra na mão de outra pessoa, pois, menor só vende “crack”.

“As armas são minhas e são para caçar, pois, tem um brejo lá perto, que a gente caça preá e saruê para comer. Eu já trafiquei, mas, já parei há tempos, desde os 15 anos, quando fui apreendido por roubo (157)”, disse o Lucas. A dupla foi conduzida e apresentada na Delegacia Territorial de Teixeira de Freitas, ao delegado plantonista, Bruno Ferrari. Quando estávamos entrevistando os acusados, o pai do Lucas pediu para falar com nossa equipe de reportagem, para expressar sua revolta com o filho.
“Estou muito chateado, eu sou um cidadão de bem, e por erro do meu filho eu tenho minha casa invadida pela Polícia, revirada. Eu nunca vi ele usando nada, nem sabia que ele usava, mas, ele vai ter que pagar pelo que fez. O pior é que eu estou vendo que eu é que vou ter que gastar minhas economias para tirar ele da cadeia. Estava juntando um dinheiro para comprar um carro, e vou ter que usar para pagar um advogado. É difícil, mas, é filho né. A gente tem coração”, disse o pai do Lucas à nossa equipe.

Após ouvir os militares e os acusados, o delegado Bruno Ferrari autuou o Lucas por crime de tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Já o adolescente, responderá por ato infracional, análogo ao tráfico de drogas e será encaminhado ao Ministério Público para devidas providências. O Lucas segue custodiado à disposição da Justiça. (Por: Edvaldo Alves)

Nenhum comentário:

Postar um comentário