quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Prado: Carmélia é encontrada morta com supostos sinais de estupro, no distrito de Guarani

Uma mulher foi morta por asfixia no distrito de Guarani, no município de Prado. O corpo de Carmélia, de aproximadamente 40 anos, também apresentava sinais de violência sexual.
Conforme a Polícia Militar, a vítima foi encontrada nua e ensaguentada dentro de casa, durante a manhã desta quarta-feira (07). 

A polícia não descarta a possibilidade da vítima ter sido morto por asfixia. Porém, havia sinais de sangramento vaginal, que sugerem que ela tenha sido estuprada antes de morrer.

O corpo da vítima será encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Itamaraju, O caso foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Prado. 
(Por Claydson Motta)

Nenhum comentário:

Postar um comentário