quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Destruição: Restos de barracas de praia trazem riscos para banhistas, em Prado

As barracas de praia de Prado que foram afetadas pela ressaca do mar, ocorrido durante o mês de novembro, no entanto, resquícios delas permanecem nas areias e representam riscos para banhistas e frequentadores.

Quem costuma ir ao local tem que conviver com pedaços de concreto, blocos, vergalhões e madeira das antigas construções na areia. O trecho da praia que contém o entulho fica na praia do centro da cidade.
Banhistas reclamam da morosidade em retirar os restos de construção e dizem que tiram a beleza natural da praia. Os moradores também se queixam e contam que já presenciaram acidentes causados pelos materiais.

No local, é possível encontrar pedaços de diversos tamanhos. Os que mais chamam a atenção são os de concreto, que, além de maiores, ficam mais visíveis.
“Esse trecho da praia ficou muito feio, porque eles deixaram esse entulho, que, além de tudo, representa risco à saúde. Gostava daqui quando tinham os coqueiros, mas agora vou para outros pontos da cidade”, relatou o turista capixaba Leonardo Matos, 45. 
(Por Claydson Motta )

Nenhum comentário:

Postar um comentário