domingo, 6 de novembro de 2016

Após invadir IF Baiano em Teixeira homem é baleado por segurança e socorrido ao HMTF

Teixeira de Freitas: Na tarde deste domingo, por volta das 15h00, um homem, identificado como sendo, Paulo dos Santos, 43 anos de idade, morador do Bairro Liberdade, e que atualmente está morando na área ocupada da Grendene, invadiu área do IF Baiano (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano), foi visto por vigilantes do IF Baiano, aos fundos da Instituição, em posse de um facão. Ao avistar os vigilantes, o Paulo tentou se esconder dentro de uma matinha, os vigilantes fizeram um cerco e solicitou que o mesmo saísse.
O Paulo disse que já iria sair da área privada, quando os vigilantes disseram para ele lagar o facão e se entregar, que eles iriam chamar a polícia, por causa da invasão. Então, ele disse que ninguém iria segurá-lo e que ele iria sair de qualquer jeito antes da polícia. Começaram uma discussão e o acusado acabou indo para cima de um dos vigilantes com o facão erguido. O outro vigilante, sem alternativa, precisou efetuar um disparo para conter o invasor, que foi atingido no abdômen. Em seguida, os vigilantes acionaram a Polícia Militar e a PRF.
Segundo informações, o SAMU foi chamado, mas, como estava atendendo outra ocorrência, os agentes da PRF fizeram o socorro rápido até ao HMTF, onde deu entrada direito para o Centro Cirúrgico. Os policiais militares acompanharam os vigilantes até a Delegacia de Polícia, onde o caso foi apresentado ao delegado plantonista, Júlio Telles. O delegado recolheu a arma, um revólver calibre 38, com cinco cartuchos intactos, e um deflagrado e se dirigiu até o HMTF, onde buscou informações sobre o estado de saúde do Paulo.
Segundo informações da polícia, o acusado de invasão tem uma ficha vasta de registros de ocorrência em seu desfavor, e a maioria delas por agressão física. Até o fechamento desta reportagem não se obteve informações do quadro clinico do invasor. O delegado Júlio Telles continua investigando o caso e um inquérito policial foi instaurado.(Por: Cloves Neto)

Nenhum comentário:

Postar um comentário