sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Acusado de mostrar o “bilau” em Posto da Mata já havia sido preso pela mesma prática em Itamaraju

O primeiro caso registrado pela polícia aconteceu em 1º de abril de 2014, no bairro Bela Vista, região leste de Itamaraju, onde Rosival Oliveira Coutinho, de 20 à época, mostrou o pênis e tentou violentar sexualmente uma adolescente de 17 anos, que conseguiu fugir do maníaco e pediu ajuda a vizinhos. Quando a Polícia Militar chegou ao bairro, o acusado já estava seguro e sendo agredido por populares.

No Hospital Municipal de Itamaraju (HMI), para onde foi socorrido com diversas lesões, inclusive um ferimento no nariz, Rosival, morador do bairro Marotinho, na região central da cidade, foi reconhecido por outras pessoas pela mesma prática de atentado violento ao pudor (exibir seu órgão sexual) e por isso chegou a ser preso.

No início dessa semana o mesmo indivíduo, hoje com 23 anos, foi detido por policiais militares de Posto da Mata, distrito de Nova Viçosa, acusado de mostrar o pênis para uma senhora. Com Rosival os policiais encontraram um aparelho celular contendo diversos vídeos pornográficos e mensagens passadas via redes sociais, onde ele aparece enviando fotos intimas para diversas mulheres, inclusive com uso de palavrões.

Imediatamente o elemento acabou sendo conduzido e apresentado à Subdelegacia da Polícia Civil de Posto da Mata, onde o caso está sendo investigado pelo delegado titular Maderson Dias. Sempre quando é preso, Rosival Oliveira Coutinho, de 23 anos, alega possuir distúrbio mental, mas como ele tem habilidades de uma pessoa normal, como baixar vídeos e enviar mensagens e fotos pornográficas via celular, acredita-se que o mesmo seja um maníaco. (Por Ronildo Brito)

Nenhum comentário:

Postar um comentário