quarta-feira, 19 de outubro de 2016

PF investiga fraude em licitação de transporte escolar na Bahia

São cumpridos sete mandados de prisão preventiva no interior da Bahia
Uma organização especializada em fraudes em licitações e desvio de recursos públicos é investigada na Operação “Prima Facie”, deflagrada na manhã desta quarta-feira (19/10), pela Polícia Federal (PF). 

De acordo com órgão, o alvo do grupo era contratos de transporte escolar. São cumpridos sete mandados de prisão preventiva, seis de condução coercitiva e 23 mandados de busca e apreensão nos municípios baianos de Araci, Crisópolis, Euclides da Cunha, Monte Santo, Paripiranga, Ribeira do Pombal e Sátiro Dias. Conforme a investigação, as licitações eram direcionadas para empresas controladas pelo grupo. 

Eles também mantinham empresas de fachada para participar das licitações para simular uma concorrência. A investigação começou em 2011, em Santa Brígida, e depois foi ampliada para outros municípios. Essa ação é um desdobramento da Operação “Making Of”, deflagrada em novembro de 2015, e da primeira fase da “Prima Facie”, realizada em dezembro de 2015. 

Os investigados responderão pelos crimes de fraude à licitação (artigo 90, Lei 8.666/90), peculato (artigo 312, Código Penal), lavagem de dinheiro (artigo 1o, Lei 9.613/98) e organização criminosa (artigo 2o, Lei 12.850/2013). (A Tarde)


Nenhum comentário:

Postar um comentário