terça-feira, 20 de setembro de 2016

Juliana é assassinada em Itabela; Ex-marido está foragido, diz polícia

Uma mulher foi morta com golpes de arma branca (facão ou faca) no bairro Irmã Dulce, em Itabela, por volta das 20h de segunda-feira (19). Segundo a Polícia Militar, o ex-marido dela é o principal suspeito de ter cometido o crime. O homem, que ainda não teve o nome divulgado, está sendo procurado.

De acordo com a polícia, um homem invadiu a casa de Juliana Menezes Costa, 25 anos, na Rua Tiradentes e efetuou diversos golpes contra ela. A mulher ainda conseguiu correr e atravessar a rua, buscando abrigo em uma escola pública, mas não resistiu aos ferimentos. Uma equipe do Samu foi até o local e constatou a morte.

Conforme a informação, as duas filhas de Juliana estavam em casa e presenciaram o crime. Uma das crianças também é filha do suspeito. A polícia divulgou ainda que o acusado já tinha invadido a residência no mesmo dia e que Juliana chegou a registrar uma queixa contra ele na delegacia da cidade. Juliana já havia prestado várias queixas contra o ex-companheiro por agressão e ameaça.

No entanto, a polícia não soube informar se já tinha sido tomada alguma medida protetiva, como previsto na Lei Maria da Penha. O suspeito - conforme a polícia, já tinha sido preso por homicídio, mas estava respondendo ao crime em liberdade provisória. O corpo de Juliana foi encaminhado para o Instituto Médico de Eunápolis e deve ser liberado para velório e sepultamento ainda na manhã desta terça-feira (20). (Fonte: Radar64)

Nenhum comentário:

Postar um comentário