quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Érica estudante do Colégio Nossa Senhora da Luz e da APAE é morta a pedradas

Érica Guimarães frequentava o Colégio N.S. da Luz e a APAE
O corpo de uma adolescente foi encontrado na manhã desta terça-feira (29/8), no inicio da estrada de acesso ao Morro do Totonho, no KM 3. Érica Brito Guimarães, 17 anos, estudava no período da manhã no Colégio Nossa Senhora da Luz, no mesmo bairro, onde também morava e à tarde era aluna da APAE, no bairro Mandacaru, onde recebia atendimento especial em decorrência de um problema mental. 

A menor foi morta com requintes de crueldade sendo encontrada perto do seu corpo, uma pedra com marcas de sangue que teria sido usada pelo assassino ao desferir os golpes na cabeça da vítima e o caderno escolar. Filha de Marineide Guimarães, a estudante Érica era a mais de velho de quatro irmãos. 

O corpo foi removido para o IML e posteriormente liberado para a família. A presidente da APAE Jequié, Moana Meira, em contato com a reportagem do Jequié Repórter, disse que a morte de Érica, causa grande comoção entre diretores, professores, funcionários e alunos da entidade. A Polícia agora investiga a autoria e motivação do crime. (Jequié Reporter)

Nenhum comentário:

Postar um comentário