segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Rui Costa é vaiado por professores, estudantes, servidores estaduais e moradores do bairro Conveima

Confusão durante cerimônia de entrega de obras
(Foto: Reprodução/Facebook/João Melo)
O governador Rui Costa (PT) foi vaiado por professores, estudantes, servidores estaduais e moradores do bairro Conveima nesta segunda-feira (22) em Vitória da Conquista, durante a entrega de obras concluídas com atraso na cidade.

Com apitos, faixas, cartazes, tambores e dando gritos de ordem, cerca de 100 pessoas protestaram contra o governador, pedindo mais investimentos na educação (ensino superior e médio) e em infraestrutura.

A situação foi tão tensa que um dos manifestantes, o professor Reginaldo Pereira, da UESB (Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia), acabou sendo dominado por seguranças do governador, que o levaram para fora da área reservada a convidados da cerimônia de entrega da UPA (Unidade de Pronto Atendimento), ao lado do HGVC (Hospital Geral de Vitória da Conquista).

O professor entrou em confronto com os seguranças e foi jogado no chão. Após ser dominado, ele foi colocado para fora, arrastado por braços e pés. Em seguida, Pereira foi levado para dentro da própria UPA, inaugurando o atendimento na Unidade, que tem capacidade de 450 atendimentos por dia, segundo o governo da Bahia.
regi
Fotos: Reprodução/Blog do Anderson
Orçada em R$ 6 milhões (verba do governo federal), a UPA havia sido anunciada em 2012 pelo petista Jaques Wagner (antecessor de Rui Costa) e era para ser entregue entre o final de 2013 e início de 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário