segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Nunca se fez tanto pela Saúde nesse município como tem sido feito nos últimos anos, afirma a secretária Gilma Teixeira

Numa concorrida solenidade realizada na última sexta-feira (29/07) às 17 horas na recepção do Hospital Municipal de Itamaraju, no Bairro Novo Prado, o Deputado Federal Paulo Magalhães (PSD) fez a entrega dos novos equipamentos adquiridos para a unidade hospitalar por intermédio de emenda parlamentar de sua autoria no valor de R$ 800 mil.

Presentes na solenidade a diretora administrativa do HMI – enfermeira Cristina Moreau, a secretária municipal de Saúde – Gilma Teixeira, o diretor clínico do hospital – Dr Afonso, o médico e ex-prefeito de Itamaraju – Orlandino Lopes da Paixão, e o prefeito Manoel Pedro Rodrigues Soares, além de vários membros do primeiro escalão do atual governo, servidores da Saúde, e admiradores do deputado nas cidades circunvizinhas.

De acordo com servidores que atuam no HMI desde a época do antigo Hospital Regional, os equipamentos obtidos nunca antes foram disponibilizados na saúde pública de Itamaraju. Alguns destes nunca existiram nem nas clínicas particulares do município. Por isso, a secretária Gilma é enfática ao afirmar que “esses equipamentos configuram um divisor de águas na história da assistência à saúde no município”.
Com a aquisição, estão sendo beneficiados o Pronto Socorro (adulto e infantil), Maternidade, Centro Cirúrgico e o Setor de Radiologia. Por conta da logística de algumas empresas fornecedoras, alguns equipamentos ainda não chegaram, mas já foram comprados e pagos, e devem estar na unidade num prazo máximo de 15 dias. Os que chegaram, com exceção daqueles que ainda precisam ser instalados (porque carecem de mão de obra especializada) como a processadora de Raio X, já estão sendo usados nos pacientes do HMI.

Para o prefeito Manoel Pedro, os novos equipamentos vieram para brindar todos os esforços de sua equipe para que Itamaraju tenha uma saúde pública de qualidade. Desde que assumiu em março de 2010, Pedro da Campineira sempre se mostrou incomodado com os problemas detectados na Saúde e no Hospital Municipal e, ao longo dos anos de mandato, não tem medido esforços para melhorar a assistência.

Nesses últimos seis anos, vários postos de saúde foram reformados, o PSF do Bairro de Fátima foi demolido e reconstruído, os postos do Marotinho - Novo Prado e Centro I e II estão com suas obras de construção em processo de conclusão, e, no HMI, foram inúmeras as intervenções para adequar a unidade ao melhor atendimento a comunidade.
Foi a gestão Manoel Pedro que implantou a rede canalizada de oxigênio em todo o hospital, que também ganhou circuito interno de TV com monitoramento de vários setores da unidade. Foi o governo de Pedro da Campineira que conseguiu a regularização da escala médica, com profissionais médicos em todos os setores do HMI, sendo cinco médicos plantonistas a disposição da unidade por dia, cobrindo o PS Adulto, PS infantil, Sala de Parto e Centro Cirúrgico.

Durante os seis anos em que Pedro administrou o município, o hospital passou por várias reformas e obras de adequação, a exemplo da cozinha, que foi totalmente reformada com implantação inclusive de uma coifa. Um laboratório de análises clínicas passou a funcionar dentro do hospital, 24 horas por dia. Foi regularizado o abastecimento de insumos básicos e medicamentos, além da compra periódica de lençóis e, da manutenção de materiais e da própria estrutura elétrica e hidráulica do hospital. Servidores que atuam no HMI foram capacitados inúmeras vezes. Foi contratada uma empresa de dosimetria que fornece dosímetros que controlam a exposição do trabalhador do Setor de Radiologia à radiação, e uma lavanderia está sendo implantada no hospital.

Hoje, um ortopedista atende duas vezes por semana na unidade, que apesar de não realizar cirurgias de grande porte, faz os pequenos procedimentos e imobilizações. Além disso, quatro cirurgiões atuam nas cirurgias eletivas, fazendo com que o HMI supere até o Hospital Municipal de Teixeira de Freitas em número de cirurgias eletivas, isso pelo fato de o HMI possuir maior disponibilidade de leitos. “Nosso hospital conta hoje com cirurgião geral e anestesista 24 horas por dia nos trinta dias do mês”, pontua a enfermeira Cristina Moreau.

Ninguém pode afirmar que a atual gestão foi omissa ou que não investiu em Saúde, porque os investimentos aconteceram e foram várias as tentativas de melhorar a assistência. Numa dessas tentativas Pedro contratou uma equipe de médicos de Teixeira de Freitas que cobria todas as especialidades, mas por razões que extrapolam os limites da gestão, a equipe acabou não permanecendo.
Também com a intenção de melhorar a Saúde, que Manoel Pedro trocou o comando da pasta em julho de 2014, quando assumiu a Secretaria, a competente Gilma Teixeira e, com ela a nova diretora do HMI, Cristina Moreau. Gilma, que é administradora de empresa e possui vasta experiência no setor de regulação da Secretaria, o que faz dela uma exímia conhecedora dos problemas e gargalos da Saúde Pública do município, tem obtido êxito na solução de questões que pareciam insolúveis. Foi Gilma que conseguiu atender a uma das principais exigências do prefeito Manoel Pedro, a de colocar todos os salários em dia.

“Nesse ano de 2016 vamos fechar o ano contábil sem dever absolutamente nada para ninguém, todos os nossos compromissos do ano em curso estarão quitados até 31 de dezembro”, disse a secretária durante a solenidade de entrega dos novos equipamentos. O que torna explícita a sua capacidade de gestão, mesmo diante das dificuldades impostas pelo sub-financiamento da Saúde pelas esferas Estadual e Federal. Só a folha de médicos do HMI, é da ordem de 345 mil por mês.

De acordo com a secretária, os novos equipamentos vão possibilitar aumento no índice de resolutividade dos problemas na unidade de Itamaraju. “Agora, só os pacientes que necessitarem de tratamento em alta complexidade serão encaminhados para Teixeira de Freitas”, assegura a gestora. Atualmente, a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia e o próprio Ministério de Saúde preconizam que os serviços de ortopedia de alta complexidade, neurocirurgia, cirurgia cardíaca, oncologia, entre outros, sejam feitos em Teixeira de Freitas, que é sede de microrregião.
Durante a solenidade, a diretora do HMI protestou contra uma notícia mentirosa veiculada numa rádio politiqueira da cidade, “eles afirmaram que os equipamentos estavam guardados a um ano e só agora estão sendo apresentados, isso é um absurdo, é lamentável que pessoas usem um espaço de informação para fazer um papel desse tipo”, disse, convidando uma técnica de enfermagem com 30 anos de serviços prestados a saúde de Itamaraju, pra confirmar que o que foi dito na tal rádio, não passa de uma grande mentira.

A técnica de enfermagem Dionísia Ferreira Gomes, mais conhecida como Dió, apoiou a diretora e aproveitou a oportunidade para agradecer ao deputado e ao prefeito pela vinda dos novos equipamentos. “Fiquei emocionada quando vi esses equipamentos chegarem, porque estarão a serviço de nossa comunidade, pra salvar vidas”, comemorou.

O prefeito Pedro da Campineira fez questão de destacar os feitos de sua gestão e agradeceu ao deputado Paulo Magalhães por tudo que tem feito pelo município, “ele não é apenas amigo meu, mas é o verdadeiro amigo de Itamaraju, fez emendas para a Saúde, mas fez emendas também para a infraestrutura de nossa cidade, muitos tem se orgulhado de ter pavimentado uma rua, mas eu, graças ao seu apoio Paulo, tenho imenso prazer em dizer que não pavimentamos uma ou outra rua, mas pavimentamos bairros inteiros”.

Paulo Magalhães é, reconhecido até pelos adversários políticos do prefeito, o deputado que mais trabalha por Itamaraju. Na atual gestão foram as emendas de Paulo que possibilitaram a pavimentação de todas as ruas dos bairros Jaqueira, Canaã e Primavera. Graças as suas emendas foram pavimentadas várias ruas do Bairro Nova Liberdade. Mas as obras com a marca de Paulo não são apenas essas, desde o início da década de 90 que Paulo Magalhães, ainda deputado Estadual, vem deixando suas marcas nos quatro cantos do município.
A ponte que liga o bairro Várzea Alegre à Cidade Baixa, o Ginásio de Esportes, as casas do São Domingos, as inúmeras ruas pavimentados, só são algumas das ações do deputado em Itamaraju. É como ele bem disse, “não foi Itamaraju quem me adotou, foi eu quem adotou Itamaraju como minha cidade, minha terra, tudo que trouxe até agora é muito pouco, quero poder trazer muito mais”, ressalta.

Talvez por isso, o deputado tenha sido recebido com tanto carinho pelos servidores do Hospital Municipal de Itamaraju. O sentimento era de gratidão, por aquele parlamentar ter possibilitado que os profissionais possam ter mais condição de trabalho na luta pela vida dos mais necessitados. “Não vai ficar só nisso não, virão mais equipamentos porque já coloquei mais emendas e mais dinheiro”, disse o parlamentar, se comprometendo em trazer a Itamaraju o secretário de Saúde do estado, Fábio Vilas Boas.

Para a diretora Cristina, os equipamentos vão possibilitar maior motivação da parte de cada profissional, “eu ouço, eu vejo o brilho nos olhos deles, todos os funcionários desse hospital estão felizes, agradecidos e muito mais motivados, eu fico muito feliz de fazer parte desse momento e de ter essa experiência de vida pra guardar pra sempre na minha história”, destaca.

“Esses equipamentos são do povo de Itamaraju, nós sonhamos isso por muito tempo e temos motivos suficientes para agradecer ao nosso prefeito Pedro da Campineira e ao deputado Paulo Magalhães por terem feito isso por nós”, conclui Gilma Teixeira, assegurando que em 12 anos de serviços prestados, nunca viu a Saúde avançar tanto como tem avançado nesses últimos anos.

Relação de equipamentos adquiridos com a emenda do Deputado Federal Paulo Magalhães (PSD)
Foco Clínico (05 unidades)

Laringoscópio (05 unidades)

Ventilador pulmonar (04 unidades)

Monitor multiparamétricos (08 unidades)

Mesa de mayo (04 unidades)

Oxímetro de pulso (07 unidades)

Carro de emergência (02 unidades)

Poltrona hospitalar (18 unidades)

Armário em aço (07 unidades)

Berço para recém-nascido (10 unidades)

Aparelho para fototerapia (02 unidades)

Monitor de pressão não invasiva (02 unidades)

Glicosímetro (03 unidades)

Incubadora neonatal (02 unidades)

Berço aquecido (02 unidades)

Balança antropométrica digital (01 unidade)

Mesa de exames (06 unidades)

Ultrassom diagnóstico (01 unidade)

Negatoscópio (02 unidades)

Computador desktop (01 unidade)

Esfignomanometro adulto (01 unidade)

Mesa de escritório (05 unidades)

Impressora a laser (01 unidade)

Cadeira em aço/ferro pintado (50 unidades)

Balde tipo lixeira com pedal (04 unidades)

Aspirador de secreções elétrico móvel (07 unidades)

Bisturi elétrico (01 unidade)

Detector fetal (04 unidades)

Cama de parto motorizada (01 unidade)

Cadeira de rodas adulto (01 unidade)

Bomba de infusão (03 unidades)

Maca para banho em aço inox com rodizio (01 unidade)

Biombo duplo (03 unidades)

Mesa cirúrgica mecânica (01 unidade)

Foco cirúrgico (01 unidade)

Aparelho de ar condicionado de no mínimo 12.000 Btus (15 unidades)

Cortina hospitalar em vinil (03 unidades)

Nebulizador 4 saídas (06 unidades)

Aparelho de ar condicionado de 24.000 Btus (04 unidades)

Carro maca simples (02 unidades)

Desfibrilador (03 unidades)

Cama hospitalar fawler elétrica (04 unidades)

Cama hospitalar tipo fawler mecânica (30 unidades)

Mesa de cabeceira (30 unidades)

Suporte para soro (30 unidades)

Escada com dois degraus (30 unidades)

Colchão hospitalar com espuma ortopédica D28 (30 unidades)

Cardiotocógrafo (01 unidade)

Suporte para monitor multiparametrico (08 unidades)

Painel modular de cabeceira com no mínimo duas conexões (10 unidades)

Berço pediátrico com grade móvel em inox e acompanha colchão hospitalar (06 unidades)

Processadora automática de filmes de rx (01 unidade)

Kit com 05 chassis com ecram sendo 01 18x24, 01 24x30, 01 35x35 e 02 35x43 (01 unidade).

Avental pumblífero adulto (01 unidade)

Protetor de tireoide (01 unidade)   
(POR NILSON CHAVES)

Nenhum comentário:

Postar um comentário