segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Joab tem as mãos e pés amarrados e depois executado com cinco tiros

Um homem identificado pelo prenome de Joab foi encontrado morto na tarde desta segunda-feira, dia 22 de agosto, numa plantação de eucalipto próxima ao distrito de Argolo, às margens da rodovia BR-418, no município de Nova Viçosa. A vítima estava com as mãos e os pés amarrados e na perícia de local feita pelo perito criminal Manuel Garrido, do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), foram constatadas cinco perfurações de arma de fogo, inclusive uma na cabeça.

O levantamento cadavérico e a perícia de local foi acompanhada pelo delegado Maderson Dias, titular da Polícia Civil em Nova Viçosa, que informou a imediata instauração de um inquérito policial para investigar autoria e motivação do crime. Segundo Dias, no último mês de março, Joab havia sido seguro e amarrado em um poste por populares, após tentar assassinar um morador do lugar. Próximo ao corpo foi recolhido um projétil de calibre 38.

No fim da tarde desta segunda, 22, o corpo terminou sendo removido ao IML de Teixeira de Freitas, para exames de necropsia. Nos exames de medicina legal será comprovado se a vítima foi torturada ou não antes de ser morta. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário