domingo, 14 de agosto de 2016

Estudantes dão dicas e orientações sobre o uso do Pókemon Go

Gabriel Lima, Lúcio Aguiar e Luan Leite atuando na área da Tecnologia da Informação
Gabriel Lima, Lúcio Aguiar e Luan Leite atuando na área da Tecnologia da Informação
O Pókemon Go jogo de celular que utiliza dados do Google Maps (serviço do Google que mapeia as localizações), para espalhar “monstrinho virtuais que possuem capacidade de evoluir no jogo”, foi relançado e vem fazendo grande sucesso de adeptos principalmente entre os jovens. 

O Pókemon fez sucesso nos anos 1990 e no seu retorno já foi mais baixado que o Tinder e virou mania nos Estados Unidos, atraindo atenção em todo o mundo. Para comentar mais sobre esse jogo que vem conseguindo milhões de adeptos, estarão no programa “A Semana em Revista” (93 FM) deste sábado (13/8), os estudantes Gabriel Lima, Lúcio Aguiar e Luan Leite, que atuam na área de Tecnologia da Informação em Jequié. 

O Pókemon Go, usa o GPS e o sucesso vem da mistura de jogo e realidade. Na tela do telefone o jogador vê o mundo real, como na câmera do seu celular, mas habitado por monstrinho do Pokémon, que se tornaram populares pela primeira vez nos anos 1990, quando foram lançados no Game Boy da Nintendo.Esta é a primeira vez que se torna um jogo de smartphone.

Nenhum comentário:

Postar um comentário