quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Há sete meses, PF procura ouvir Lula sobre o mensalão

Há sete meses, PF procura ouvir Lula sobre o mensalão
Foto: Max Haack/Bahia Notícias
O ex-presidente Lula foi convidado pela Polícia Federal, em fevereiro deste ano, para colaborar com as investigações abertas a partir de novos depoimentos dados em 2012 por Marcos Valério, condenado por operar o mensalão. O pedido não se trata de uma intimação. Fontes próximas ao petista informam que ele argumentou que teme o vazamento do seu depoimento, que pode ser usado por adversários nesta eleição. A delegada Andrea Pinho, responsável por apurar as acusações feitas por Valério, negocia o encontro com Lula. O empresário foi espontaneamente à Procuradoria-Geral da República (PGR) em 2012 para prestar novas declarações, em que acusa o petista de ter se beneficiado do esquema. Àquela época, ele já havia sido condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), mas as penas ainda não haviam sido definidas. Procurado pela reportagem da Folha, o Instituto Lula não se pronunciou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário