segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Defensor público estadual e advogado de Itamaraju são detidos por porte ilegal de armas


Por Lênio Cidreira
 
Hamilton foi detido e na sequência liberado após pagar fiança  
O primeiro caso aconteceu neste último final de semana próximo a Santo Antônio de Jesus, quando o defensor público estadual Hamilton Gomes foi preso em flagrante pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em posse de uma arma ilegal quando parou para comprar um coco numa rodovia do município. Em sua defesa, o defensor alega que a arma teria sido colocada dentro da sacola de compras sem que ele visse. O acusado poderá responder um processo administrativo, que será realizado na cidade de Salvador, onde ele trabalha atualmente. Antes de ser promovido ao cargo que ocupa hoje, Hamilton atuava em Brumado, onde se envolveu em inúmeras polêmicas. Ele já enfrentou um processo interno da Defensoria Pública do Estado, do qual acabou sendo absolvido, e foi vereador e ex-candidato a prefeito de Itabuna. Hamilton prestou depoimento e, após pagamento de uma fiança, foi liberado.
 
   
Em Itamaraju a detenção aconteceu na tarde desta segunda-feira (30) por volta das 15h, logo após a central da Companhia Independente da Polícia Militar (43ª CIPM) ser informada através de uma denúncia anônima dando conta que uma pessoa estava armada. Os policiais militares estiveram no local e após uma minuciosa abordagem foi encontrado em poder de um advogado, esse que não teve o nome revelado, um revólver calibre 38 marca Rossi municiado. As últimas informações dão conta que o advogado foi ouvido pelo delegado Gean Nascimento e após pagar fiança acabou sendo liberado. A arma foi apreendida.
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário