sábado, 29 de dezembro de 2012

Kelvin disse que matou Danilo com outro fugitivo de Eunápolis

Teixeira de Freitas: Nossa equipe de reportagem publicou com exclusividade a informação de que o fugitivo o Kelvin estaria sendo investigado sobre um sequestro seguido de morte, assim que conseguiu fugir da cadeia. O fato foi confirmado por nossa equipe, que conseguiu fazer uma entrevista exclusiva com o acusado. Kelvin falou ao Liberdadenews, que matou Danilo Guimarães Dutra, nesta sexta-feira, 28 de dezembro, com outro comparssa, identificado como Edmar Gomes de Oliveira, vulgo "Biba", (fugitivo da cadeia de Eunápolis).
Kelvin não deu muito detalhes sobre como aconteceu o crime, só disse que o outro colega marcou para fazer uma parada com Danilo e, quando Danilo chegou no local combinado com o Biba, ele já estava esperando por ele. Quando chegou próximo ao aterro sanitário, depois do Bairro Ulisses Guimarães, eles desceram do carro e mataram o Danilo. Segundo Kelvin, ele matou sozinho o Kelvin com 02 tiros e que o Biba só o ajudou a levar o Danilo para a emboscada. Perguntado qual o motivo que ele matou o Danilo, Kelvin só disse que foi um problema pessoal. "Foi por causa da minha ex-mulher e outro problema também, e que não está arrependido," disse Kelvin.
Perguntado sobre o corpo de Danilo, Kelvin disse que seu parceiro o levou para o estado de Minas Gerais, próximo ao trevo de Serra dos Aimorés. Sobre a arma, ele informou que os polícias foram na casa dele e a sua irmã ficou com medo e a escondeu, mas que vai dar um jeito de entregá-la.
Nossa equipe entrou em contato por telefone com delegado, Dr. Marco Antônio, e ele nos informou que Kelvin em seu depoimento, disse que tinha combinado com carcereiro para facilitar sua fuga por R$ 1.000,00 (um mil) reais, mas que no horário combinado  (às 04h00 da manhã), o carcereiro não apareceu. Como ele já tinha a chave da primeira tranca que dá acesso para o pátio do banho de sol, ele abriu a grade e fugiu pelo teto junto com o Afrânio com ajuda de outros presos.
Kelvin apresentava arranhões pelo corpo, por ter passado pelo pequeno espaço entre as vigas. Um inquérito policial foi instaurado para investigar a possível participação do carcereiro na fuga. Ainda segundo o delegado, já foi mobilizada uma equipe para tentar localizar o corpo do Danilo e prender o outro comparsa de Kelvin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário