segunda-feira, 30 de abril de 2012

Crime brutal: homem é morto a pedradas

DSCF0069
A Polícia Militar foi comunicada sobre a existência de um corpo, no loteamento Terras do Remanso, por volta das 6h desta segunda-feira (30).
Chegando ao local, a cerca de 100 metros da Lagoa das Bateias, os militares constataram o fato. A vítima foi identificada como Lourival Freitas Filho, 49 anos, conhecido como Lulinha.
O sangue em algumas pedras e tijolos, além das lesões na cabeça demonstram que Lourival provavelmente foi morto a pedradas. Também, próximo ao local foram encontrados o boné, carteira de cigarros, e os óculos da vítima.
Conhecidos de Lourival disseram não ter conhecimento de seu envolvimento com ilícitos. Eles informaram que ele apenas fazia uso de bebida alcoólica.
A Polícia Civil já investiga o crime.
LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA

Fim de semana violento em Itabela, com dois homicídios e uma tentativa

No sábado (30), por volta das 18h, no bairro Ouro Verde, na cidade de Itabela, foi o registrado o primeiro homicídio. De acordo com informações da Polícia Militar, que atendeu a ocorrência, a vítima foi Carlos Miranda Teixeira, de 21 anos, que morreu após sofrer uma perfuração provocada por uma arma branca (faca) no abdômen.
Segundo o pai de Carlos, o senhor Valdecir Teixeira, de 61 anos, o filho saiu para comprar remédio para um de seus dois filhos, foi quando encontrou com um homem conhecido por ‘Silas’, que o convidou para tomar vinho e, após ingerir a bebida, saíram juntos do bar e seguiram pela rua, quando mais adiante Silas, que se encontra foragido, se desentendeu com a vítima e desferiu uma facada no abdômen de Carlos, que saiu correndo. Silas ainda perseguiu a vítima, que foi protegida por populares.
Segundo o senhor Valdecir, pai de Carlos Miranda Teixeira, de 21 anos, seu filho teria saído para comprar remédio para um dos filhos quando foi assassinado
Segundo o senhor Valdecir, pai de Carlos Miranda Teixeira, de 21 anos, seu filho teria saído para comprar remédio para um dos filhos quando foi assassinada













A vítima foi socorrida e levada para o Hospital Frei Ricardo e transferido para o Hospital Regional de Eunápolis, mas não resistiu ao ferimento e morreu durante a madrugada.
Também no sábado, em São João do Monte, distrito de Itabela, foi registrado uma tentativa de homicídio. A vítima, Rosângela da Silva Oliveira, de 32 anos, que por pouco escapou da morte, sofreu uma perfuração no ombro esquerdo e na mão, desferidas por um indivíduo de nome Adnaldo Pereira dos Santos, conhecido por ‘Caboclo’.
Segundo relatos de uma testemunha, o homem, que estava sob efeito de drogas, invadiu a casa durante a noite para matar a ex-namorada, Eliedina  Meira dos Santos, de 37 anos, funcionária do Sindicato dos Rodoviários de Itamaraju, mas ela não estava no momento, e quem foi agredida foi a amiga Rosângela, que saiu ferida e só não morreu porque o agressor a reconheceu pela voz, quando ela pediu por socorro.
O segundo homicídio aconteceu na noite deste domingo (29), por volta das 19h, na Rua Carlos Drumond de Andrade, também no bairro Ouro Verde. A vítima foi Fagner Souza dos Santos, de 23 anos, vulgo ‘Quilinho’, que morreu no Hospital Regional de Eunápolis duas horas após ser alvejado por três tiros de arma de fogo disparados por dois elementos que estavam em uma motocicleta de cor amarela. A vítima foi atingida nas costas, no ombro e no  tórax. Ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.
De acordo com a Polícia Civil, que está investigando os casos, os dois homicídios podem estar relacionados com o tráfico de drogas.
O delegado titular de Itabela, Dr. José Hermano Costa, pede a quem souber do paradeiro do homem conhecido por ‘Silas’, acusado do homicídio de Carlos Miranda Teixeira, entrar em contado com a polícia pelos telefones: (73) 3270-2151 (Polícia Civil) ou 8118-4895 (Polícia Militar).
LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA

PROFESSOR MANOEL FOI ASSASSINADO COM NOVE FACADAS

No loteamento BAHIA 2 ,ocorreu um homicídio tendo como vitima o professor Manoel Bonfim da silva, 45 anos. O corpo da vitima foi encontrado dentro da casa onde morava totalmente despido no quarto , a vitima foi assassinada com nove facadas que atingiram as costas sendo que a ultima facada foi no pescoço ficando a faca cravada. 

A policia suspeita que o crime tenha ocorrido na madrugada de sábado ,pois a vitima foi visto pela ultima vez por volta das meia noite na praça da republica em companhia de outros amigos. Do interior da casa, foram roubados uma TV , aparelho de DVD , e botijão de gás. A polícia não tem pistas.
LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA

Agentes de Saúde fazem protesto em frente à casa do prefeito de Prado

Os agentes de saúde de Prado promoveram um protesto, na última sexta-feira (27/4), em frente à casa do prefeito Jonga Amaral.
O protesto tinha como objetivo cobrar o cumprimento de um acordo firmado com o prefeito de Prado, que, na oportunidade, foi representado pelo secretário de Saúde Eron Amaral.
O acordo garantiu o repasse integral aos agentes comunitários de saúde, que, atualmente, recebem apenas R$ 750,00 quando deveriam estar recebendo R$ 871,00, conforme valores repassados pelo Ministério da Saúde. O acordo, registrado em ata em reuniões realizadas nos dia 20 e 29 de março, assegurava o pagamento integral. A medida iria beneficiar pelo menos 72 agentes em Prado.
No entanto, o prefeito Jonga Amaral resolveu não cumprir o acordo, motivando o protesto da categoria.
“Estamos aqui para saber por que o prefeito não vai pagar os valores que ele próprio se comprometeu a pagar”, afirmou a sindicalista Ana Angélica Trindade Ramos.
Segundo Ana Angélica, estava tudo certo para que os agentes recebessem os valores atualizados, mas, na última hora, o prefeito resolveu não cumprir o acordo. “Estamos aqui abertos para conversar com o prefeito, para que ele cumpra o acordo assinado com a nossa categoria. Estamos correndo atrás dos nossos direitos, não estamos pedindo nada a ninguém.”
Camila, uma agente comunitária, estava muito decepcionada com a atitude do prefeito. “Ele deu a palavra e, hoje, estamos aqui na frente da casa dele para que cumpra o acordo. Estamos respaldados no acordo firmado em ata.”
O prefeito não apareceu nem deu qualquer satisfação. 
LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA

Jaques Wagner é recebido com vaias pelos professores de Irecê


Os professores estaduais da cidade de Irecê e regiões próximas participaram de uma manifestação no sábado (28), aproveitando a presença do governador Jaques Wagner na cidade. O governador estava na cidade visitando a 14ª ExpoAgri e foi recebido com vaias, apitaço e pressão por conta do não cumprimento do acordo que previa reajuste salarial de 22,22%. 
De acordo com o Voz da Bahia os professores estavam com camisa cobrando o acordo e com narizes de palhaço. Categoria permanece em greve por tempo indeterminado.
LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA

Criança de 4 anos morre após ser atropelada por caminhão no Ulisses Guimarães, em Teixeira de Freitas

Corpo da criança foi removido ao IML de Teixeira de Freitas para exames de necropsia
O atropelamento fatal aconteceu por volta das 17h50 deste domingo (29), na rua Finlândia, bairro Ulissses Guimarães, em Teixeira de Freitas e a vítima foi a menina Geiciara Oliveira de Jesus, de apenas 4 anos de idade. Segundo relatos de populares que conseguiram anotar a placa do veículo atropelador, a menina estava brincando na rua e quando tentava atravessar a via pública fora surpreendida pelo caminhão.
O caminhão Mercedes Bens, placa LWZ-3759/Teixeira de Freitas-Ba., modelo pipa, estaria, segundo moradores da rua, numa velocidade acima da que seria ideal para uma via pública. O motorista do veículo fugiu do local, mas com base nas anotação da placa, a Polícia Militar localizou o caminhão e efetuou sua apreensão.
Segundo informou o perito criminal Manoel Garrido, coordenador do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT) e responsável pelos trabalhos periciais no local onde aconteceu o acidente fatal, a criança morreu instantaneamente, já que um dos pneus do caminhão passou por cima de parte de sua cabeça. A morte chocou familiares e demais moradores do Ulisses Guimarães.
Com a apreensão do veículo a identificação do motorista ficou muito mais fácil. Ele deve apresentar-se à polícia nos próximos dias acompanhado de advogado. Caso isso não aconteça a sua prisão poderá ser solicitada à Justiça.
LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA

JUSTIÇA DETERMINA BLOQUEIO DE R$ 2,6 MILHÕES DE VEREADORES E ASSESSORES

A juíza substituta da 1ª Vara da Fazenda Pública de Itabuna, Rosineide Almeida de Andrade, ordenou aos bancos do Brasil e Bradesco, no prazo de 15 dias, cópias de todos os contratos de empréstimos consignados celebrados por força de convênio firmado com a Câmara Municipal de Itabuna, entre janeiro de 2009 a dezembro de 2011. A magistrada fixou em R$ 500 a multa diária aos bancos em caso de descumprimento de sua decisão.  

A decisão foi publicada na edição eletrônica do Diário da Justiça deste final de semana e tem o objetivo de assegurar o integral ressarcimento dos danos causados ao erário, limitando-a ao montante de R$ 2. 572.272,99. O valor refere-se ao patrimônio de cada um dos acusados. Também não descarta busca e apreensão dos documentos.

A medida atinge os contratos de servidores públicos concursados, comissionados, além de todos os vereadores do município, acompanhados de todos os documentos acostados aos referidos contratos, tais como contracheques, RG, CPF, autorização de vereador para a celebração do negócio jurídico, entre outros porventura exigidos pelas instituições financeiras.

AFASTAMENTO POR 90 DIAS

Na quinta-feira, 26, atendendo ao pedido do Ministério Público estadual, a magistrada havia determinado o afastamento temporário dos vereadores Clóvis Loiola (PSDC), Raimundo Pólvora (DEM), Ricardo Bacelar (PSC), Roberto de Souza (PR), Solon Pinheiro (DEM) e Wenceslau Júnior (PCdoB) do exercício do mandato pelo prazo de 90 dias.
O afastamento visa salvaguardar a instrução processual. Os vereadores, no entanto, continuarão recebendo seus vencimentos. Todos são acusados pelo suposto envolvimento com a Máfia do Consignado na Câmara Municipal.
LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA

MILENA VOLTOU

A jovem Milena Santana de Jesus voltou. Ela foi deixada há pouco pela mulher de aproximadamente 29 anos que a apanhou na porta do Colégio Ação Fraternal de Itabuna (AFI) nesta manhã de sábado, 28.

Erick Tadeu, primo de Milena, informou ao PIMENTA que a suposta sequestradora deixou Milena no prédio onde a jovem mora, no bairro São Caetano, em Itabuna. Conforme testemunhas, a suspeita chegou em um Fiat Uno preto, de placa não anotada, deixou a adolescente e sumiu.

Às 22h58min – O PIMENTA conversou há pouco com a mãe de Milena, Dilma Santana. A jovem está no prédio residencial, mas ainda não foi localizada. “Conversei com todas as pessoas, mas ainda não a encontrei”, afirmou. O porteiro garantiu a dona Dilma que Milena está no prédio, onde entrou em disparada. Uma colega também afirmou que a adolescente saltou do carro e estaria no edifício. A família ainda continua as buscas para confirmar se a adolescente está no condomínio. Às 8h49min – Milena agora, finalmente, está com a família.
LENIO CIDREIRA -  A VELOCIDADE DA NOTICIA

Mistério: Mais uma jovem está desaparecida em Itabuna




 
Milena Santana de Jesus, 17 anos, desapareceu às 9h deste último sábado (28), ao sair da escola Ação Fraternal de Itabuna (AFI). Familiares e amigos afirmam que Milena foi vista pela última vez com uma mulher de 29 anos identificada apenas como Débora, em um Fiat Uno, preto.
Desde então, familiares de Milena não receberam qualquer contato. Informações sobre o paradeiro de Milena podem ser repassadas ao telefone (73) 8833-0779.
LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA
 
   
 

Grevistas querem encontro com o ministro



Os professores alegam que na ocasião, pretendem entregar um dossiê mostrando a situação da educação na Bahia, além de informar ao ministro que o governo não está cumprindo a lei do piso. Hoje, os educadores vão realizar panfletagem em vários bairros da capital e interior.

Por conta da paralisação, pelo menos um milhão e meio de alunos estão sem aulas em todo o estado da Bahia. Por ser considerada ilegal pela justiça, na última quinta-feira (26), os professores que aderiram ao movimento tiveram o ponto cortado pelos dias de paralisação.
 
Em protesto, nesta terça-feira, 1º de maio, Dia do Trabalhador, a categoria vai se reunir com diversas centrais sindicais a partir das 17 horas, na Praça Castro Alves para protestar contra a ação do governo. Já na quarta-feira, uma nova assembleia será realizada na Assembleia Legislativa para decidir os rumos da greve.
 
De acordo com Rui Oliveira, presidente do sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB), o encontro com o ministro da Educação seria nesta segunda-feira, por conta do feriado foi transferido para quarta-feira. Ele informou que em relação ao corte dos salários, o sindicato entrou com uma ação na justiça para que o dinheiro descontado no salário seja devolvido aos educadores.  “Nem na época da ditadura militar grevistas tinham seus salários cortados antes mesmo de completar um mês de paralisação. Eles podem cortar nosso dinheiro, mas não tiram nossa dignidade”, ressaltou Rui.
 
Apesar da decisão judicial que determinou a volta imediata dos professores da capital baiana, em greve desde o último dia 11 de abril, sob pena de multa diária no valor de R$ 50 mil pelo não cumprimento, o sindicato da APLB segue com o movimento e com a ocupação na Assembleia Legislativa.
 
A categoria não aceita a aprovação do Projeto de Lei 19.779/2012, que trata do reajuste salarial dos professores da rede estadual e que foi aprovado na noite da última terça-feira (24), por 33 votos a favor versus 19 votos contrários. Com a aprovação do projeto, os professores terão reajuste de 3% em 2013 e 4% até 2014. Porém, a categoria luta por um reajuste de 22,22%.
 Em greve há 19 dias, representantes do  sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia (APLB) vão a Brasília nesta quarta-feira (2), onde tentam uma audiência com o ministro da Educação, Aloísio Mercadante para falar sobre os motivos da paralisação.
LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA

domingo, 29 de abril de 2012

Com sintomas de embriagues, motorista causa sério acidente

Cinco amigos, que voltavam de um dia de lazer no Rio do Peixe, zona rural de Eunápolis, se envolveram em grave acidente. O carro em que eles estavam tombou na Estrada da Colônia, a quatro quilômetros do centro da cidade.
Os ocupantes - dois homens e três mulheres, ainda com trajes de banho, foram arremessados e ficaram caídos no meio da rodagem, alguns com ferimentos graves.

Segundo o policial militar Arles Lima, o motorista do veículo, Cleidson Costa de Souza, 28 anos, não tem carteira de habilitação a apresentava sintomas de embriaguês alcoólica.

'Testemunhas contaram que ele estava em alta velocidade, tentava ultrapassar outro automóvel, mas perdeu o controle da direção, bateu em um barranco e tombou', completou o sargento Pereira.

Com ferimento no rosto, o condutor ficou encostado a um barranco e, para não ser preso em flagrante por crime de trânsito, teria até simulado que passava mal. 'Gente, pelo amor de Deus, estou desmaiando', pediu ajuda.

O resgate mais demorado foi o de Viviane dos Santos Damascena, 27 anos. Com suspeita de fraturas em braço e perna, ela reclamava de muitas dores.

Os demais feridos foram Eliúde dos Santos Damascena, 29 anos, Eunildes Souza dos Santos, 36 e Maria Aparecida Souza Rocha, 25. Todos são moradores de Eunápolis.
O motorista, logo que recebeu alta do Hospital Regional, foi levado para fazer o teste de bafômetro, mas os equipamentos apresentaram problema.

Depois, ele foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil, mas o delegado de plantão ainda não informou os procedimentos que serão adotados. O hospital não divulgou até o momento o estado de saúde dos feridos.
LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA

Marinha diz que está empenhada nas buscas pelos pescadores desaparecidos em Mucuri

Eles saíram na quarta-feira (25) mas desapareceram na noite da sexta-feira (27) quando deixaram de fazer contato via rádio


Marinha do Brasil informou neste domingo (29) que já disponibilizou Corveta Caboclo pra auxiliar nas buscas aos pescadores desaparecidos 
Após insistentes pedidos da Colônia de Pescadores de Mucuri, a Marinha do Brasil informou neste domingo (29) que já disponibilizou a Corveta Caboclo e sua equipe de mergulhadores para o auxílio nas buscas pelos dois pescadores desaparecidos desde a noite da última sexta-feira (27) quando deixaram de fazer contato com terra firma através do rádio comunicado do barco “Alessandro Cor”. Segundo reportagem do Portal G1, além da Marinha do Brasil, uma aeronave do Grupamento Aéreo da Polícia Militar e uma embarcação da colônia de pescadores de Porto Seguro auxiliam nas buscas. Assim como já tinha adiantado o Teixeira News, segundo informações do capitão César Ricardo, do Grupamento Aéreo, os pescadores podem estar à deriva.

“A embarcação foi encontrada no fundo do mar, mas estava sem o colete salva-vidas. Achamos que os pescadores estão à deriva. Ainda não há notícias sobre o paradeiro dos dois”, disse o capitão César Ricardo, na tarde deste domingo, dia 29.

O Teixeira News foi o primeiro veículo de comunicação do país a noticiar o desaparecimento dos dois pescadores de Mucuri. A partir daí, usando o TN como fonte, centenas de outros meios de comunicação passaram a noticiar o caso.

Menor é executado com quatro tiros no Bela Vista, em Teixeira de Freitas

O crime aconteceu no início da tarde deste domingo, dia 29 de abril e a vítima foi Luis Henrique Oliveira Braga, o “Rato Penca”, de 17 anos de idade, assassinado com quatro tiros em frente à casa onde o mesmo morava em companhia da avó, na avenida Gonçalves Lêdo, nº 198, bairro Bela Vista, região central de Teixeira de Freitas. O jovem foi morto nas proximidades da feira de domingo, local onde teria adquirido o apelido de “Rato Penca”, graças aos pequenos furtos que praticava. Populares disseram à polícia que o jovem assassinado seria usuário de drogas.

Informações levantadas pela delegada Waldiza Fernandes, de plantão neste domingo (29) na 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, dão conta que o jovem caminhava na avenida em companhia de um amigo, quando foi surpreendido por um homem armado que também estava a pé. Esse homem teria se aproximado da vítima, quando efetuou o primeiro tiro, esse que atingiu sua perna direita. Alvejado com esse primeiro tiro o menor Luis Henrique Oliveira Braga, o “Rato Penca”, de 17 anos de idade, caiu, quando o assassino disparou outros três tiros, atingindo a cabeça e costas do rapaz.

Segundo informou o perito criminal Manoel Garrido, coordenador do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT) e responsável pela perícia no local do crime, o jovem não teve tempo de esboçar qualquer reação e como os projéteis atingiram regiões vitais para a sobrevivência humana, a morte foi quase que instantânea.

A delegada Waldiza Fernandes determinou instauração imediata de inquérito policial para tentar esclarecer a motivação e autoria do crime de homicídio. 

LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA

Ossada humana é encontrada em Barra de Caravelas



Caravelas: Foi encontrada por populares neste sábado (28) no distrito da Barra, município de Caravelas, uma ossada humana que pode ser de Rosenita Reis Cajá, desaparecida desde o dia cinco de janeiro deste ano de 2012. A mulher morava no próprio município de Caravelas e na época do seu sumiço os seus familiares iniciaram uma campanha na região com o objetiva de encontrá-la, inclusive com a impressão de um panfleto que continha sua fotografia.


Por solicitação do delegado Robson Marocci, titular de Caravelas, o servidor Anderson Barbosa removeu a ossada para o Instituto Médico Legal Nina Rodrigues de Itamaraju (IML) para posterior identificação, o que deve acontecer somente após exames da arcada dentária ou até mesmo DNA. As causas da morte também são desconhecidas.
LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA

CRIANÇAS OU MONSTROS? MENOR DE 15 ANOS MATA, ARRANCA CABEÇA DE TRABALHADOR RURAL E PENDURA EM ESTACA.

GRANDE PARTE DAS MORTES, ROUBOS E ESTUPROS ACONTECIDOS NO PAÍS SÃO PRATICADOS POR MENORES. PORÉM, NA CONTRAMÃO DOS ACONTECIMENTOS, A LEI CONTINUA OS TRATANDO COMO CRIANÇAS "INOCENTES E INDEFESAS".

Um crime bárbaro assustou a pequena localidade de MURICÍ, a 15 km de Maceió-AL. O trabalhador rural, JOSÉ ROBERTO DA SILVA, 22 anos, foi assassinado com 14 facadas e teve a cabeça arrancada com facão e pendurada em uma estaca, crime cometido por um menor de 15 anos. 
A repercussão do crime levou a Polícia a iniciar rapidamente as investigações. Não durou muito para que as pessoas que estivessem com o assassino e o menor criminoso fossem presos. 
Luiz Paulo dos Santos, o “Lula” 23 anos, Josuel Luiz dos Santos Pinheiro, 21, o “Delis”, Edvan Santos da Silva, “Vanzinho”; um homem conhecido pelo apelido de “Bob” e dois menores:
15 anos, os articuladores de todo o trama homicida, foram levados para a Delegacia de Murici, onde ainda tentaram negar participação na barbárie, mas com relatos de testemunhas, terminaram por assumir o que fizeram.
Ouvidos pelo delegado Odenburgo Paranhos, que estava de plantão na Delegacia Regional de União dos Palmares, a narrativa mais chocante foi a do menor de 15 anos, que mostrou frieza em seu depoimento, surpreendendo o delegado com 34 anos de polícia. “Matei porque ele queria beber a cachaça da gente”, justificou o criminoso. Perguntado como ele havia tramado e assassinado a vítima, o menor continuou com sua frieza. “A gente tava bebendo na calçada do Fábio, quando ele (a vítima) chegou querendo beber. Ele já tava bêbado e eu não dei a bebida. Eu neguei, foi quando ele partiu para bater em mim e eu pulei. Ele chegou derrubou a nossa bebida e saiu correndo... ai a gente correu atrás e pegou ele. Peguei um ferro e joguei nas costas dele e ele caiu, ai joguei uma pedra grande e eu fiquei doido. Um dos meninos segurou ele e colocou a cabeça dele na pedra e eu com a faca comecei a cortar. Enquanto eles me ajudavam, segurando o cara, mas ai um osso bateu na faca e eu terminei de rançar a cabeça com uma pedra”. 
O menor chocou até mesmo os policiais pela frieza com que narrou o crime. A Policia Civil fez mais algumas perguntas, entre elas se ele se arrependia de ter praticado o assassinato, o menor chegou até mesmo a sorrir dizendo que o sangue esvaído da cabeça havia melado a sua camisa: “Me melecou todo o desgraçado!” disse sorrindo, “Oxe, eu mataria essa miséra outra vez só por ter me melado!”

ATENÇÃO: FOTOS TOTALMENTE PROIBIDAS PARA MENORES E PESSOAS SENSÍVEIS






LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA

Mais de 90% das safras de milho e feijão de Irecê já foram perdidas

Com a seca que atinge quase todo o semiárido baiano desde março, 91,8% da safra de milho já foi perdida. A situação do feijão é ainda pior: 92,6% de perdas

 Quem quiser comer milho cozido e canjica nesse São João vai ter que pagar mais caro. Com a seca que atinge quase todo o semiárido baiano desde março, 91,8% da safra de milho já foi perdida. A situação do feijão é ainda pior: 92,6% de perdas. “Salvador vai ter que comprar de outros estados e os preços devem aumentar um pouco por causa da lei da oferta e da procura, mas não será nada alarmante”, minimiza o presidente da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), Elionaldo de Faro Teles.


Visão aérea do semi-árido: lavouras de milho e feijão praticamente perdidas
O aumento já começou a ser sentido pelo consumidor. Dados da Casa Civil estadual dão conta de que o preço da cesta básica no estado aumentou de R$ 204 para R$ 211 entre fevereiro e abril. E o feijão foi um dos responsáveis: aumentou 9,14% neste período.

Teles explica que o milho e o feijão foram os mais afetados porque os agricultores costumam plantar os dois grãos justamente entre março e abril, para colher no São João. Só que acabaram surpreendidos pela estiagem e o resultado foi a perda de quase toda a safra.

Soja
No Oeste do estado, cidades como Cocos, Baianóplis, Jaborandi e Correntina sofrem com perdas nas safras de outro grão: a soja. Assessor de agronegócios da Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Jonatas Brito explica que nessas cidades predominam áreas de plantio novas (1ª, 2ª ou 3ª colheita), que não têm reservas de nutrientes e, por isso, acabam sofrendo mais com a seca. Por lá, a média de produção oscila entre 20 a 30 sacas. O índice considerado normal é de 50 sacas, sendo que no ano passado houve um pico de 56.

O resultado desta equação também já pode ser sentido no bolso. “O preço da saca de soja está cotado a R$ 52 nas fronteiras de Luís Eduardo Magalhães e Barreiras. Em abril do ano passado, o preço era R$ 40,18”, compara Brito.

“A situação é gravíssima. A safra do feijão este ano vai ser praticamente zero. Sisal, milho, café e pecuária também foram muito afetados, por serem bastante cultivados no semiárido”, disse o secretário da Casa Civil, Rui Costa. É ele quem está coordenando o Comitê Estadual para Ações Emergenciais de Combate à Seca, criado na última semana pelo governador Jaques Wagner (PT).

Pecuária
Mas não são só as colheitas que estão sofrendo com a falta d'água. A pecuária, sobretudo a criação de ovinos (carneiros) e caprinos (cabras), também f oi afetada.

“A situação é preocupante porque a Bahia tem o maior rebanho de caprinos do Brasil, e 90% deles estão concentrados em oito municípios do polígono da seca”, conta o diretor de eventos da Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos da Bahia (Accoba), Anderson Pedreira. “Temos notícias de que o rebanho está sendo perdido, mas ainda é impossível dar números”, diz.

O governo do estado estima que 82,16% do rebanho de caprinos tenha sido afetado pela seca. Foi o setor da pecuária mais atingido.

Em segundo ficou a criação de ovinos (79,02%), seguida da de bovinos (41,66% ). “Aqui estão ocorrendo muitas vendas de cabeças de gado para criadores de outras regiões, que não estão sofrendo com a seca. Além disso, quem tem o rebanho muito grande está abatendo logo os bois mais gordos, para ficar com um rebanho menor”, conta Noé Mendes Borges, diretor comercial da Associação dos Pecuaristas da região de Irecê (Aprir).

Em viagem pelo interior desde a semana passada, o secretário estadual da Agricultura, Eduardo Salles, reforça a informação do criador. “Essa região tem o maior rebanho da Bahia e estão vendendo seus animais a preços insignificantes, porque não tem água para dar a eles”, conta.

O secretário já visitou 15 municípios do polígono na seca e esta semana estará em Salvador para sintetizar as informações colhidas e avançar nas propostas para a solução do problema.

Governo pagará Garantia Safra a 85 mil agricultoresDas 2,4 milhões de pessoas afetadas pela seca, pelo menos 85 mil terão algum consolo. É que o Ministério de Desenvolvimento Agrário (MDA), por meio da Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA), já iniciou o pagamento do Garantia Safra a essas pessoas. Pelo programa, agricultores que perderam a colheita por causa da seca recebem o seguro-safra, no valor de R$ 680, pago em quatro parcelas. O governo estima que nos próximos dez dias também já esteja disponível o Bolsa Estiagem, anunciado pela presidente Dilma Rousseff, na segunda-feira, durante reunião com governadores em Aracaju. O programa pagará R$ 400, em cinco parcelas, aos pequenos produtores que não recebem o Garantia Safra. "Ainda não recebemos o ofício com as regras, mas sei que será preciso morar na região afetada e ter uma declaração de aptidão, dada pela EBDA", diz o presidente do órgão, Elionaldo de Faro Teles. Junto com o Bolsa Estiagem, a presidente anunciou um investimento de R$ 2,7 bilhões para tentar minimizar o problema, mas ainda não se sabe quanto vem para a Bahia. "Desse valor, R$ 1,1 bilhão é só para financiamentos. Aí vai depender de quantos agricultores vão procurar esses financiamentos", diz o secretário Rui Costa. 
LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA

Homem morre atropelado por ônibus da São Geraldo em Posto da Mata



Nova Viçosa: A Polícia Rodoviária Federal foi informada sobre um acidente na BR 418, Km 87, no inicio da tarde deste sábado, 28 de abril de 2012. Chegando ao local do acidente verificaram a veracidade do fato. Um homem foi atropelado na BR por um ônibus da Viação São Geraldo. Trata-se de Antônio Carlos Lopes Leite, 34 anos de idade, morador de Posto da Mata.

Segundo informações o homem estava transitado em sua bicicleta, de cor verde, em sentido contrário à pista de rolamento da BR, quando se desviou para a direita e foi atingido pelo ônibus de placa policial HDQ 8337.


A polícia civil de Nova Viçosa esteve presente no local do acidente para efetuar o levantamento cadavérico e autorizou a remoção do corpo ao IML. Antônio Carlos, que foi encontrado com diversos ferimentos na cabeça e no corpo, teve morte instantânea. O delegado titular de Nova Viçosa Dr. Samuel M. Neto instaurou inquérito policial para apurar responsabilidade.
LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA

Força Nacional envia mais 85 agentes para área de conflito no Sul da Bahia

Segundo uma estimativa da Fundação Nacional do Índio, cerca de 65 fazendas já foram tomadas pela população indígena desde o início do ano

 

Um novo efetivo da Força Nacional de Segurança Pública desembarcou em Ilhéus, no Sul da Bahia, para intervir nos conflitos entre índios e fazendeiros da região. Eles já foram encaminhados para as cidades de Camacã e Pau Brasil, principais zonas de disputa por terras.                             
De acordo o delegado do Comando de Operações Táticas (COT) da Polícia Federal, Carlos Farias, o novo efetivo conta com 85 policiais federais. A primeira tropa do COT que saiu de Brasília para Ilhéus chegou na Bahia no último dia 22. Segundo uma estimativa da Fundação Nacional do Índio, cerca de 65 fazendas já foram tomadas pela população indígena desde o início do ano, quando a disputa de décadas se acirrou.

Julgamento em maio 
A disputa de terras entre índios e fazendeiros no sul da Bahia será julgada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 9 de maio, segundo informou em coletiva na última quinta-feira (26) a nova presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Marta Maria do Amaral. A informação é da reportagem da Globo Natureza.  
Funcionário morto e índio baleado
Na tarde de sexta-feira (20), Júlio César Passos Silva, 32 anos, funcionário da fazenda Santa Rita, que fica na zona de conflito, foi morto com um tiro na cabeça durante um tiroteio. Um índio também foi baleado na perna no confronto.
                                  
O corpo do funcionário só foi encontrado por volta das 14h de sábado (21), quando agentes da Polícia Federal, Polícia Militar e Polícia Civil estiveram na região onde teria ocorrido o tiroteio.

Já o índio Ivanildo dos Santos, baleado na perna, foi socorrido por outros índios da tribo pataxó hã-hã-hãe e encaminhada para o Hospital de Base, também em Itabuna.

Equipe da Folha de S. Paulo ameaçada
 

Também na sexta-feira, o repórter fotográfico da Folha de S. Paulo Joel Silva, de 46 anos, e o motorista Igor Correia, de 25, foram ameaçados por dois grupos de homens fortemente armados na zona rural de Pau Brasil.

Sem olhar para o grupo, obedecendo a ordem dos homens armados, o fotógrafo e o motorista foram perguntados sobre a razão pela qual estavam na cidade e depois de sete minutos foram liberados, sob a ameaça de serem baleados caso olhassem e identificassem os agressores. Antes, o grupo inspecionou o equipamento fotográfico e guardou no porta-malas do carro.
                                

Segundo o policial civil Sagro Bonfim, a equipe da Folha estava em um carro de locadora, sem plotagem do jornal, dentro de uma área ocupada pelos índios, o que pode ter gerado a desconfiança dos supostos seguranças. "É uma área de conflito e eles não estavam acompanhados pela Polícia Federal, correram risco de vida", relatou o policial.

Em reportagem publicada na sexta (20), a Folha de S. Paulo denunciou a presença de homens fortemente armados na segurança da fazenda Santa Rita, pertencente ao ex-prefeito de Pau Brasil Durval Santana. A polícia civil não confirmou se as ameaças sofridas pela equipe da Folha na cidade tem relação com a reportagem publicada no jornal.

Disputa
As invasões são estratégia dos índios pataxós para garantir a posse da terra uma vez que aguardam julgamento, pelo Supremo Tribunal Federal (STF), de ação de 1982 para retirada dos fazendeiros que ocupam terras que os índios consideram como parte de reserva indígena. 
LENIO CIDREIRA - A VELOCIDADE DA NOTICIA