terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

São Mateus cancela o carnaval e o fluxo de turistas pode ser maior em Mucuri e Nova Viçosa

Com a paralisação dos policiais militares no vizinho Estado do Espírito Santo, pelo menos 29 municípios capixabas anunciaram o cancelamento das suas festas carnavalescas. Os municípios dizem que não têm como garantir a segurança do evento sem a presença da Polícia Militar.

Até cidades tradicionalmente conhecidas por seus agitados carnavais há décadas, tais como Piúma, Muqui, Santa Leopoldina e até Iriri, em Anchieta, a alegria dos foliões será muito mais silenciosa. Até o balneário de Guriri, em São Mateus, resolveu não realizar seu tradicional carnaval da ilha.

Em Conceição da Barra, o município decidiu reforçar a segurança contratando homens de empresas particulares para auxiliar o efetivo da PM disponível. Sem dinheiro, a Prefeitura de São Mateus já havia anunciado que não teria condições de fazer uma programação especial para o carnaval deste ano.

Com a falta de segurança no Estado, o prefeito de São Mateus, Daniel Santana Barbosa (PSDB), não teve dúvida e acaba de informar que o carnaval de Guriri não ocorrerá. Mas, para não deixar os moradores e turistas sem a folia, a Prefeitura passou a organização dos eventos para a Associação dos Artesões e Vendedores Ambulantes de São Mateus e Guriri, que deverá programar algumas atrações para os dias não passem em silêncio.

Com a falta de grandes atrações musicais em Guriri, em São Mateus e até mesmo na cidade de Conceição da Barra que este ano decidiu investir menos no carnaval, a expectativa é que os capixabas descerão em maior volume para os carnavais das cidades vizinhas de Mucuri e Nova Viçosa. Onde as atrações estão boas para o carnaval e a estrutura de segurança pública já está definida para garantir a alegria dos foliões. 
(Por Athylla Borborema).

Após coordenar 8ª Coorpin, delegado Kleber Gonçalves é nomeado para Alcobaça

Após suceder Marcus Vinícius e anteceder a atual coordenadora Valéria Chaves, no comando da 8ª Coordenadoria de Polícia Civil (Coorpin), com sede em Teixeira de Freitas, o delegado Kleber Eduardo Gonçalves, foi nomeado neste último final de semana pelo governador Rui Costa (PT) e já é o novo titular da Polícia Civil de Alcobaça, posto que era ocupado pelo delegado Marco Antônio Neves.

O delegado Kleber Gonçalves, ao ser indagado recentemente pela reportagem do Teixeira News, apesar de dizer que estava à disposição do Governo do Estado, deixou escapar a sua preferência por Alcobaça e Caravelas. Profissionalmente, Gonçalves não tinha a intenção de continuar como chefe do Núcleo de Furtos e Roubos da 8ª Coorpin, unidade que já conta com o ex-coordenador Marcus Vinícius na chefia da Central de Inquéritos Especiais. Essas funções são ocupadas por delegados especiais, como são os dois.

Além de chefiar regionalmente a Polícia Civil, como coordenador da 8ª Coorpin, Kleber Gonçalves já foi delegado titular do Prado e Medeiros Neto, além de ter respondido interinamente pelo município de Vereda. (Por Ronildo Brito)

Ex-prefeito de cidade paulista é preso pela PF em Porto Seguro

Ex-prefeito de cidade paulista é preso pela PF em Porto Seguro
O ex-prefeito do município paulista de Dolcinópolis, José Luiz Reis Inácio de Azevedo (PSDB), foi preso na manhã desta terça-feira, dia 21 de fevereiro, em Porto Seguro, durante uma operação da Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público Estadual de Estrela d’Oeste/SP.

A Operação Catatau é para apurar suspeita de desvios de recursos públicos durante sua gestão. Segundo a PF, milhões de reais em pagamentos suspeitos estão sendo investigados. No total, os policiais federais cumpriram dois mandados de prisão temporária, 10 conduções coercitivas e 11 mandados de busca e apreensão, nas cidades de Porto Seguro, na Bahia e mais cinco municípios paulistas, inclusive na capital.

Investigação

Após o fim do mandato em 2016, o ex-prefeito mudou-se com a família e uma empregada para Porto Seguro. Ele abriu duas empresas na cidade, sendo um restaurante e um lava-jato. A ex-tesoureira da prefeitura, além de conduzida é alvo de dois mandados de busca e apreensão em Fátima Paulista e Dolcinópolis.

Um dos suspeitos de ser “laranja” do ex-prefeito figurou como sócio em construtoras e empresas de consultoria, com capital social acima de R$ 1 milhão, que prestavam serviços para o município de Dolcinópolis, onde ele foi preso em sua casa.

Em Jales, a casa do cunhado e da irmã do ex-prefeito foi alvo de mandado de busca e apreensão, para o recolhimento de provas de interesse das investigações. Eles foram conduzidos coercitivamente para prestar esclarecimentos. Contadores, empresários e prestadores de serviços também estão entre os alvos da operação.

São investigados consultorias, compras, serviços, convênios e obras com pagamentos suspeitos. Pagamentos com recursos provenientes da repatriação, recebidos do governo federal e utilizados nos últimos dias do ano de 2016, também são suspeitos. Em Dolcinópolis estes valores foram pagos apenas a alguns servidores, ligados ao ex-prefeito, e fornecedores do município.

O ex-prefeito foi conduzido por policiais federais em vôo de Porto Seguro até São José do Rio Preto, em São Paulo. Posteriormente ele será conduzido a um presídio da região de Jales, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Os conduzidos foram levados até a sede da PF de Jales para prestar esclarecimentos, com exceção da esposa do ex-prefeito e sua funcionária que foram levadas à Delegacia da Polícia Federal (DPF), em Porto Seguro. (Por Ronildo Brito)

Vídeo: Preso há mais de 12 horas às ferragens, motorista não resiste e morre entre Itamaraju e Teixeira de Freitas, assista


O acidente automobilístico aconteceu na madrugada desta terça-feira, dia 21 de fevereiro, na rodovia BR-101, próximo à ponte sobre o Rio do Sul, entre Itamaraju e Teixeira de Freitas, quando o motorista de uma carreta perdeu o controle da direção em uma curva e o veículo desceu uma ribanceira.

Até as primeiras horas da noite os agentes da PRF, com ajuda de três guinchos, ainda lutavam pra remover a carreta com o corpo da ribanceira, que acabou despencando numa região de difícil acesso. O Departamento de Polícia Técnica de Itamaraju (DPT), que está com uma equipe de remoção no local, confirmou que o motorista, ainda não identificado, acabou morrendo no interior da cabine.

Os cabos de aço dos guinchos não estão suportando o peso da estrutura da carreta morro acima e alguns deles já se partiram. (Da redação TN)


Bebê de 10 meses morre após avó confundir produto de limpeza com suco de uva

A criança passou mal após ingerir o líquido

Bebê morreu após beber produto de limpeza que estava em garrafa de suco
(Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Um bebê de 10 meses morreu depois de ingerir um produto de limpeza dado por engano por sua avó na manhã do domingo (19), em Jaú, São Paulo.

Segundo a Polícia Militar, o produto, de cor roxa, era guardado em uma garrafa de suco. De acordo com o G1 São Paulo, a avó da menina pensou que o líquido era suco de uva. Ela colocou o produto na mamadeira e deu para a neta beber. A criança passou mal após ingerir o líquido.

O Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) levou o bebê até a Santa Casa de Jaú, mas a bebê não resistiu e morreu intoxicada. (Correio24h)

Ex-dançarina de Silvanno Salles está entre mulheres presas na Itália por tráfico de pessoas

Segundo as investigações, Carla Minhoca fazia parte de quadrilha que levou mais de 150 mulheres para se prostituir na Europa

Carla Minhoca na época em que dançava no grupo de pagode Fantasmão
(Foto: Reprodução)
A dançarina Carla Sueli Silva Freitas é uma das três brasileiras presas pela polícia italiana, na última quarta-feira (15), acusadas de tráfico de pessoas e favorecimento à prostituição. Carla Minhoca, como é conhecida, já atuou como bailarina do cantor Silvanno Salles e de bandas de pagode como o Fantasmão.

A prisão dela e das outras suspeitas ocorreu durante o cumprimento de um mandado emitido pela justiça brasileira em caráter internacional. Através do Serviço de Cooperação Internacional da Polícia, as autoridades brasileiras informaram ao governo italiano sobre a atuação de um grupo com sede em Fortaleza (CE), que agia na Itália e na Eslovênia.

Segundo as investigações, a quadrilha agia no Brasil desde 2010 e levou mais de 150 mulheres para se prostituir na Europa. A rede criminosa é composta por aliciadores, responsáveis pelo recrutamento, transporte, viagens para o exterior, acolhimento, alojamento e exploração sexual de vítimas (mulheres) nos países de destino.

No Brasil, foram emitidos mandados contra 13 pessoas. Na Itália, esses mandados foram cumpridos pelas equipes de polícia de Brescia - onde Carla chegou a vencer o concurso Miss Bumbum local -, Milão e Gorizia, contra as suspeitas de integrar o grupo. O advogado de Carla e das outras duas brasileiras informou ao programa Fantástico, da TV Globo, que elas não comentariam o caso.

A Operação Marguerita envolveu 92 policiais federais e visava cumprir 13 mandados de busca e apreensão, 13 mandados de prisão preventiva, 2 mandados de prisão temporária e 18 mandados de condução coercitiva, todos expedidos pela 32ª Vara da Justiça Federal no Ceará.

Em um condomínio à beira-mar, em Fortaleza, a polícia prendeu o esloveno Vito Camerník. Outro esloveno, Tíne Mótoh, também foi detido na capital cearense. Foram presos ainda três italianos: Marco Paolo Villa, Flávio Frúgis e Pasquale Ferrante, além de outros brasileiros.

Todos serão indiciados por crime de tráfico internacional de pessoas para fins de exploração sexual, associação criminosa e lavagem de dinheiro, com pena prevista de até 25 anos de reclusão.

A operação foi batizada de “Marguerita” em alusão ao nome da principal boate (Margerita) na Eslovênia, onde se exploravam sexualmente as vítimas. (Correios)







Vereadores buscam esclarecimentos sobre Fim da DTE em Teixeira e DISEP é inaugurado em Porto Seguro

Teixeira de Freitas: Começou a funcionar nesta segunda-feira (20), o DISEP (Distrito Integrado de Segurança Pública), onde as polícias Civil, Militar e Técnica de Porto Seguro, começam a trabalhar no mesmo local. O DISEP já foi inaugurado pelo governador Rui Costa e é o 12° já implantado na Bahia, permitindo que as demandas da população do município de Porto Seguro e de cidades vizinhas sejam atendidas de maneira mais ágil. Segundo o governador o objetivo é integrar.

“Antes ficava cada um no seu canto, muitas vezes distantes um dos outros, e quase se falavam, comprometendo muitas vezes o resultado dos trabalhos. No DISEP cada um tem o seu prédio, mas estão todos juntos, facilitando a comunicação e o planejamento”, disse. A estrutura, que recebeu cerca de R$ 6 milhões em investimentos, possui módulos específicos para a Polícia Militar, Polícia Civil e Departamento de Polícia Técnica (DPT), além de unidade administrativa e Laboratório de Análise de Drogas.

“O DISEP é um sucesso, e algumas secretarias de outros estados têm replicado nosso modelo, porque é uma filosofia de trabalho que dá certo, através da integração entre as forças", destacou o secretário de Segurança Pública. E, como nossa equipe de reportagem já havia destacado, não há dúvidas da importância desse Distrito para Porto Seguro, mas, o Liberdade News se tornou a voz da sociedade teixeirense, que mais uma vez tem as costas do Governo viradas para Teixeira de Freitas, fechando mais um órgão público de relevantes serviços prestados.
Teixeira de Freitas perdeu de vez a DTE/DRACO, que já foi fechada e está funcionando no DISEP. Não adiantou os pedidos da população, dos vereadores e demais lideranças políticas. O pior de tudo, questionou um cidadão à nossa equipe de reportagem, é o fato do mistério, da enganação. “Esse governador veio na região várias vezes e sempre que era questionado sobre isso ele desconversava, falou até que era fofoca. Fez igual na época do SAC, quando falou que não sabia de nada, enrolou, enrolou, até que o SAC saiu mesmo do Centro”, argumentou um internauta.

Nesta última sexta-feira (17), vereadores da Comissão de Direitos Humanos, Cidadania, Segurança Pública e Defesa do Consumidor buscaram esclarecimentos quanto à permanência da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) no município de Teixeira de Freitas, sendo eles, o presidente da comissão, vereador “Leonardo do Sindicato” (PC do B) e o vice-presidente “Sargento Berg” (PSDB), que externaram suas preocupações, junto à coordenação da 8ª COORPIN, a respeito da segurança dos munícipes com relação à saída DTE de Teixeira de Freitas.

Na reunião, a coordenadora da 8ª COORPIN, Valéria Fonseca Chaves, explicou como foi a vinda da DTE para a cidade, reiterando que devido à falta de espaço físico, a DTE/DRACO foi transferida de Porto Seguro para Teixeira de Freitas, passando a trabalhar com 01 delegado e 02 investigadores e que a gora, Porto Seguro se adequou quanto ao espaço físico e está apto para receber novamente a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes, que passará a atender com 03 delegados e 06 investigadores, atuando tanto em Porto Seguro quanto na região do Extremo Sul, com foco em Teixeira de Freitas.
Ainda de acordo com a coordenadora da 8ª COORPIN, os teixeirenses serão contemplados com a criação de um Núcleo de Investigação e Combate ao Homicídio/Tráfico. Os vereadores saíram satisfeitos com o esclarecimento e garantem que continuarão acompanhando e investigando tanto esse quanto demais assuntos referentes à Segurança Pública no município. (Por: Edvaldo Alves)